Just another WordPress.com site

Folha de Pontal do Paraná

Cristina Maris Meinick Ribeiro, ex-funcionária pública, foi condenada a quatro anos e 11 meses por furtar milhares de páginas de um processo da Globopar, empresa controladora da TV Globo, onde a emissora é acusada de simular operações para fugir do pagamento de impostos na compra dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002. A Receita Federal multou a emissora em R$ 615 milhões. A Globo publicou nota oficial afirmando que não foi beneficiada pelo furto. Cristina era agente administrativa do Ministério da Fazenda e era alvo de um processo de improbidade administrativa desde abril de 2010. Foi exonerada em junho deste ano, seis meses depois de roubar os documentos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: