Just another WordPress.com site

Olhar Digital

Em 2009, o site Ars Technica descobriu que as fotos excluídas por usuários do Facebook, na verdade, não estavam sendo excluídas. À época, a rede disse que trabalhava numa solução para o problema, só que três anos mais tarde o mesmo site percebeu que o problema persistia, ao que o Facebook disse que reduziria o tempo de exclusão – já que fotos deletadas há mais de um ano permaneciam acessíveis.

Da última vez em que esse assunto veio à tona, em 2012, o Facebook afirmou ter adotado um sistema que apagaria as fotos em no máximo 45 dias, e isso parece ter sido feito, mas ainda dá para recuperar imagens. Há uma forma de se fazer isso, mas a possibilidade é tão restrita que não é considerada falha (o próprio Facebook não considera).

O esquema foi descoberto pelo perito especialista em crimes digitais José Antonio Milagre, que realizou alguns testes em parceria com o especialista em segurança da informação Ewerson Guimarães. De acordo com os resultados, é possível recuperar imagens mesmo após terem sido deletadas há uma semana.

Para fazer isso é necessário que você tenha a pessoa “alvo” como amiga no Facebook e que a inclua na lista de notificações. Desta forma, sempre que ela publicar uma foto você será avisado, e é por ali que a imagem pode ser recuperada.

Ao receber uma notificação, clique sobre a miniatura da foto com o botão direito e escolha a opção “inspecionar elemento”. Existe um link da imagem, ali, que fica disponível por um tempo antes de o Facebook efetivamente deletar o conteúdo.

Reprodução

Há, porém, uma série de variáveis a se considerar. Em primeiro lugar, a foto disponível neste link é bem pequena (porque o link corresponde à imagem de notificação); para aumentá-la é preciso alterar a letra “s” que fica antes da terminação .jpg para “a”. Uma versão em tamanho real pode ser vista trocando por “n” ou “b”, mas estas somem rapidamente. Também dá para recuperar imagens de fan pages, mas neste caso a versão “n” fica disponível por tempo indeterminado.

Reprodução

Outro entrave é o fato de que você precisa estar com o Facebook aberto no momento em que seu amigo postar a imagem, porque só assim você será notificado. Caso ele suba e delete a imagem num momento em que você não estiver conectado, o Facebook nem sequer te enviará uma notificação sobre isso. Fizemos testes aqui no Olhar Digital: basta atualizar a página para a notificação desaparecer, portanto o truque é bem efêmero.

A dupla que descobriu o esquema contatou o Facebook para fazer um alerta, mas a rede social disse que já conhecia a situação e que não tem como mudá-la. “Seu relatório descreve um dos cenários sobre os quais não temos controle”, diz a empresa.

O Facebook explica que nem sempre é possível evitar efeitos retroativos, o momento em que uma pessoa posta uma foto pode ser justamente o momento em que outra está visitando seu perfil e, portanto, a foto será vista mesmo que seja deletada. E sem atualização automática nos perfis do Facebook (o refresh), você pode passar o dia todo olhando para uma postagem que foi excluída há horas – talvez há dias.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: