Just another WordPress.com site

Diário do Poder

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, anunciou nesta terça-feira (10) que vai suspender temporariamente os repasses de recursos às Oscips, organizações da Sociedade Civil de Interesse Público. Em coletiva de imprensa no Ministério, Manoel Dias justificou a interrupção às investigações da Polícia Federal, que desvendou nesta segunda-feira (9) um esquema de fraudes de licitação que provocou um rombo de R$ 400 milhões aos cofres públicos.

Também nesta terça-feira, o ex-ministro interino, o secretário-executivo Paulo Pinto pediu demissão após ser acusado pela Polícia Federal de participação no esquema. Pinto é acusado de ter assinado um documento que pede a retirada do Instituto Mundial de Desenvolvimento e Cidadania (IMDC), investigado pela Polícia Federal, de uma lista de inadimplentes da Controladoria Geral da União. O documento assinado em 23 de abril de 2012 faz parte dos relatórios apurados pela Operação Esopo.

Pinto considerou no termo assinado quando era ministro do Trabalho que “houve plena superação dos problemas identificados”. Ele assumiu o cargo de ministro interino de dezembro de 2011 a maio de 2012. Além dele, outros três servidores do Ministério foram exonerados. A edição do Diário Oficial trouxe a dispensa do coordenador de Contratos e Convênios da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego, Geraldo Riesenbeck e Anderson Brito Pereira, lotado no gabinete do ministro Manoel Dias, e ainda do servidor da Funai, Antônio Fernandes Martins.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: