Just another WordPress.com site

Folha SP

No dia em que completaria 80 anos, nesta sexta-feira, Garrincha virou munição de Diego Maradona contra Pelé.

Em viagem pela Itália, o ex-jogador argentino novamente criticou seu desafeto em entrevista ao jornal italiano “La Gazzeta dello Sport” e o acusou de ter não ter ajudado o ex-companheiro de seleção brasileira quando Garrincha teve problemas financeiros e de alcoolismo.

O ex-atacante morreu em 1983, vítima de problemas decorrentes do álcool.

Para atacar Pelé, Maradona citou uma conversa com a ex-mulher de Garrincha, a cantora Elza Soares.

“Ela falou comigo um dia que foram pedir ajuda a Pelé, mas ele não respondeu. Todo mundo faz o que quer da sua vida, mas Pelé estava na crista da onda e poderia ter feito alguma coisa. Por isso ele não é amado no Rio de Janeiro”, disse o argentino, em declaração reproduzida por agências de notícias.

“Não me lembro dessa conversa, mas já falei com tanta gente. Nunca pedi nada por Mané. Nunca fiz isso em ‘my life’ [minha vida, em inglês]. A única vez foi agora, falei que, se trocassem o nome do estádio [Mané Garrincha] de Brasília, eu faria greve de fome, se possível até nua”, afirmou à Folha Elza Soares, por telefone.

Ela contou que desconhece qualquer pedido de alguém para que Pelé ajudasse Garrincha. “Que eu saiba disso, não, Deus me livre”.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: