Just another WordPress.com site

G1

Flor-cadáver carrega esse nome por mau cheiro, semelhante a carne podre (Foto: Devanir Gino / Reprodução EPTV)

Um casal em Três Corações (MG) cultiva em seu quintal uma das plantas mais raras, e com certeza, a mais malcheirosa do mundo: a flor-cadáver.  A espécie, na verdade, é um conjunto de flores em uma única planta, chamado de inflorescência, e cada uma exala mau cheiro, daí o odor forte e pouco apreciado que deu o nome popular de flor-cadáver à espécie.

“Dependendo da hora do dia e do Sol que ela pega, o odor é muito forte e junta bastante inseto em volta dela. Então é um cheiro bem desagradável”, comenta Wilson Lázaro Pereira, o dono da planta de Três Corações.

Ele conta que a flor, um dia, apareceu no seu quintal. “Eu não arrumei semente, nada. Sei apenas que um vizinho meu tinha uma plantinha, a gente chamava até de flor de Natal, o vizinho aqui de cima. Aí quando eu comprei esse terreno, ela começou a brotar no meu quintal e depois de uns 10 anos, aí que veio a primeira flor, em 2011”, lembra.

O odor forte da planta foi percebido até pelos vizinhos, que quiseram saber de onde vinha o mau cheiro. “Eu falei pra minha sogra que estava fedendo carniça”, conta a dona de casa Cristiane Oliveira. “Aí ela falou que achava que era algum bicho morto. Ela foi perguntar para a Eunice [esposa do Wilson], e aí ela chamou a gente pra ver a planta. Eu achei engraçado ‘né’, porque ela é muito bonita, mas é muito fedida”.

Flor-cadáver em Três Corações está com 1,60 metros (Foto: Devanir Gino / Reprodução EPTV)Flor-cadáver em Três Corações está com 1,60
metros (Foto: Devanir Gino / Reprodução EPTV)

Seu Wilson mora no Distrito da Flora com a esposa, Eunice Paula Ferreira. A primeira flor apareceu há três anos, em um cantinho no corredor da casa bem ao lado do quarto do casal. Eunice não suportou o cheiro e decidiu cortar a planta. “O cheiro era muito ruim, principalmente à noite. A gente deitava e não aguentava o cheiro, e ainda era próximo à cozinha. Ai eu acordei e cortei ela”, conta a mulher de Wilson.

A botânica explica o mau cheiro
O professor e botânico Manuel Gavilanes viu as fotos da primeira flor que apareceu na casa em Três Corações, ficou curioso e foi até a casa do casal para analisar de perto. Ele explica o odor da planta. “É para atrair os agentes polinizadores”, conta.

Segundo o especialista, para atrair os insetos que irão polinizar a espécie, algumas plantas têm cores vistosas, outras produzem néctar e algumas produzem um odor atrativo para os insetos. “Esse cheiro pode ser agradável ou desagradável para a gente, mas para uma mosca varejeira, esse cheiro de carne podre [da flor-cadáver] é o que existe de melhor”, completa Gavilanes.

Segundo o professor, existem 170 espécies deste tipo de flor no mundo. A planta aparece desde o oeste da África até as ilhas do Pacífico e não é nativa das Américas. A espécie que brotou na casa em Três Corações pode ser originária da Ásia, de acordo com Gavilanes, chamada deAmorphophallus Konjac.

“Na nossa região, é a primeira vez que eu vejo uma planta dessa, embora eu saiba que em outras partes do Brasil existem outras plantas cadáveres, do tipo mais famoso. Foi uma grata surpresa saber que tem essa planta aqui”, diz o botânico. No Brasil é cultivada a espécie mais comum da planta, conhecida como Amorphophallus titanum, encontrada no Jardim Botânico de Inhotim, em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

A flor-cadáver do casal tem 1,60 metros, mas ela pode crescer até quatro metros, segundo Gavilanes. A planta floresce apenas uma vez no ano e quatro vezes durante toda a existência dela, que pode chegar a 30 anos. “Essas plantas são raras. Apesar do mau cheiro, tem que ser cuidar com muito carinho”, completa o botânico.

Ao saber de tanta raridade, dona Eunice garante que desta vez vai deixar a flor-cadáver continuar crescendo. “Agora compensa a beleza dela ‘né’, apesar do cheiro da flor. Não vou cortar mais”, promete.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: