Just another WordPress.com site

Claudio Humberto

Para acomodar partidos e políticos com cargos e benesses, o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), lançou mão de um antigo recurso: desmembrou em duas a comissão de Turismo e Desportos, assim como fez, em 2013, com a de Cultura e Educação. Quando discutia Turismo e Desportos, a comissão quase não obtinha quórum. Estendia reuniões esperando alguém aparecer para trabalhar.

Só com cinco servidores e funções comissionadas, o custo de cada nova comissão chega a R$ 807.312,05 (no total, R$ 1,6 milhão) ao ano.

No cálculo matemático, a Câmara tenta convencer que não aumenta cargos: pega salários grandes e transforma em menores. Ah, bom.

O PSB resiste a Alfredo Sirkis, amigo de Marina Silva, para disputar o governo do Rio. Os socialistas preferem Miro Teixeira (Pros).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: