Just another WordPress.com site

A Resolução 23.405/14 desobriga aos partidos políticos a nível estadual a famosa verticalização em que as coligações estaduais deveriam acompanhar as coligações nacionais.

Desta forma o mais importante são as conversações entre as várias agremiações desde já para garantir um maior espaço no horário gratuito eleitoral. O palanque eleitoral.

Assim os partidos que tiverem candidatos a Presidência da República prudentemente devem procurar garantir espaço aos seus candidatos majoritários nos dias em que a propaganda eleitoral for destinada a nível de estado. Governador!

CAPÍTULO II
DOS PARTIDOS POLÍTICOS E DAS COLIGAÇÕES
Art. 4º É assegurada aos partidos políticos autonomia para adotar os critérios de escolha e o regime de suas coligações eleitorais, sem obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas
em âmbito nacional, estadual ou distrital (Constituição Federal, art. 17, § 1º).
Art. 5º É facultado aos partidos políticos, dentro da mesma circunscrição, celebrar coligações para eleição majoritária, proporcional, ou para ambas,podendo, neste último caso,
formar-se mais de uma coligação para a eleição proporcional dentre os partidos que integram a coligação para o pleito majoritário (Lei nº 9.504/97, art. 6º, caput).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: