Just another WordPress.com site

PRTB

logo-prtb+pmb

..Por Gilberto Vieira

Neste texto vou tentar trazer à luz o conceito de esquerda e direita e mostrar porque a direita é a melhor opção para nosso País e porque o PRTB, Partido Renovador Trabalhista Brasileiro e o PMB, Partido Militar Brasileiro se aliaram nesta campanha para endireitar o Brasil.

Agora temos que entender o conceito que ronda a cabeça dos militares brasileiros e as diretrizes que norteiam o PRTB:

Mas porque o PMB resolveu se unir ao PRTB e não com os demais trinta outros partidos para se aliar?

A resposta é bem simples, o PRTB é hoje o único partido assumidamente de direita, pois todos os demais ou são declaradamente de esquerda, ou declaram-se de centro e defendem ideais esquerdistas e o PMB ainda não conseguiu seu registro junto ao TSE.

Sendo o PRTB o único partido de direita, seu pré candidato majoritário Levy Fidelix, acaba sendo o único pré candidato de direita a disputar a presidência da República.

Mesmo não antevendo as manifestações de rua que ocorreram em junho do ano passado coincidentemente as pautas de reivindicações foram as mesmas defendidas pela direita e por Levy Fidelix.

Veja aqui a coincidência das reivindicações com as propostas que Levy Fidelix sempre defendeu.

  • O não aumento das tarifas de transporte público – em 2012 Levy Fidelix, presidente do PRTB e então candidato à prefeitura da capital paulista já tinha sugerido isentar as empresas de ônibus dos impostos sobre pneus e combustíveis, passando as passagens de R$3,00 para R$2,00;
  • Investimentos na criação de mais vagas de trabalho – Desde 2010 Fidelix vem falando sobre a criação do Banco do Povo, que além de incentivar a população a poupar, incentivaria, através de financiamentos a juros reduzidos, os micro e pequenos empresários além do empreendedor individual, onde com uma parceria ao SEBRAE tiraria muitos trabalhadores da informalidade e traria um aumento considerável de vagas de trabalho;
  • Redução dos impostos – Levy Fidelix a muitos anos vem dizendo que o Brasil precisa de uma reforma fiscal intensa, onde os investidores e empresários sintam-se mais motivados a investirem no país, gerando mais renda, mais empregos, mais exportações e por consequência, maior crescimento da nação;
  • Cadeia para políticos corruptos – Há muitos anos que Levy Fidelix e outros candidatos do PRTB defendem um judiciário independente, para que as leis e condenações sejam cumpridas, sem a interferência do Estado, que protege seus pares;
  • Melhor transporte público – Há muitos projetos de mobilidade urbana defendidos por Levy Fidelix e pelo PRTB, entre eles o famoso Aerotrem, a reativação da malha ferroviária brasileira, a utilização racional do dinheiro arrecadado para manter as ruas avenidas e estradas com a manutenção em dia e o incentivo às empresas que contratarem mão de obra local, para diminuir a necessidade de deslocamento do trabalhador;
  • Reforma política – Levy Fidelix sempre defendeu a igualdade de disputa e não como é hoje onde há privilégios para os maiores partidos, como PSDB, PT, PSDB entre outros que pautam em regras antigas e ultrapassadas onde a quantidade de deputados federais é que baliza a distribuição desigual do fundo partidário e de tempo de televisão e não a quantidade de votos obtidas em eleições, provocando grande desigualdade nas disputas eleitorais e impedindo o surgimento de novas lideranças partidárias, forçando a reeleição dos mesmos políticos de sempre. Levy Fidelix sempre defendeu uma reforma política moderna e justa.

 

E os militares?

pmb-legal

O militar brasileiro, dentro dos quartéis, batalhões, agrupamentos, etc recebem diariamente instruções sobre conduta, política, ética, moral, respeito ao próximo, à lei, à constituição, ao erário, ao país e estas instruções vão educando o militar que incorpora em sua personalidade os valores éticos que norteiam as instituições militares.

No respeito hierárquico se encontra mais uma ferramenta de conduta legal que faz dos militares o grupo mais ético de nossa sociedade.

Na condução de obras públicas, as forças armadas são famosas por executarem os projetos antes dos prazos, com custos abaixo do previsto e com qualidade muitas vezes superior ao que foi pedido.

É lógico que tivemos muitos problemas no governo militar, mas os erros dos militares foram por conta de associações com políticos civis que não valem o que comem e porque os militares não são especialistas em administrar um país.

Há também muitas lendas com relação aos atos institucionais, que foram implantados por conta de atos terroristas deflagrados pelos ativistas de esquerda, muitos deles treinados para guerrilha em Cuba, Coreia do Norte, China e países do Leste Europeu.

Nestes cursos eles aprendiam técnicas de guerrilha urbana e rural, como fabricar bombas caseiras, sabotagens, camuflagens, entre outras técnicas, ao regressarem ao Brasil, recebiam um kit cubano com US$ 1.000, roupas e orientações para contatar companheiros.

Os guerrilheiros queriam tomar o Brasil para implantar aqui a ditadura do proletariado, ou seja o comunismo, mas para isto precisavam de mais dinheiro e assim foram aos assaltos a banco, assaltos a residências, entre elas a do ex governador de São Paulo Adhemar de Barros, sequestro de políticos e embaixadores estrangeiros e explosões criminosas.

O Governo militar da época, que pretendia ficar no poder apenas por cinco anos, acabou por adiar a entrega da presidência para os civis, por considerar o momento político perigoso.

Entre os guerrilheiros, podemos destacar alguns principais, como Carlos Marighella, José Dirceu e Fernando Gabeira, Carlos Minc, Leonel Brizola, José Genoino e Dilma Rousseff.

O grande diferencial que vejo entre a época do governo militar e hoje são os enumerados a seguir:

  • O ensino na escola pública era ótimo, tanto que só matriculava seus filhos nas escolas particulares quem não conseguia vagas para seus filhos nas públicas;
  • Nós tínhamos muito mais segurança, pois a polícia e o judiciário tinham apoio, reconhecimento e investimentos, sendo que muitos dos condenados naquela época cumpriram suas penas, bem ao contrário do que acontece hoje;
  • Era ensinada a população o caminho da meritocracia, onde quem soubesse lutar por seu espaço era reconhecido;
  • Nossa educação era diferente, onde sabíamos respeitas os pais, os professores, as pessoas mais velhas, as leis;
  • O governo militar não interferiu na vida dos brasileiros que eram trabalhadores, empresários, investidores, ou seja, pessoas de bem;
  • Foi criada na época o MOBRAL, com o intuito de erradicar o analfabetismo;
  • Foram criadas várias obras de infraestrutura viária por todo o país, como a ponte Rio Niterói.
  • Foram criadas várias empresas estatais que davam lucro, como a Vale do Rio Doce;
  • E um detalhe que chama muito a atenção, os militares que fizeram parte do governo, saíram dele com o mesmo patrimônio que entraram, muito diferente do que vemos nos dias de hoje
  • Confira abaixo texto da Revista Época

 

O Partido Militar Brasileiro (PMB) saiu da trincheira. Seus líderes já coletaram 320 mil das 492 mil assinaturas necessárias para criar a legenda. Fundador do PMB, o capitão da Polícia Militar de São Paulo Augusto Rosa calcula que o partido tem representantes em mil municípios espalhados pelos 26 estados e o Distrito Federal. A meta é acelerar a formação da sigla e lançar candidatos nas eleições municipais de 2016. O número requerido no Tribunal Superior Eleitoral é o 99, “para mostrar que estamos à extrema direita de tudo o que existe na política hoje”, diz o capitão Rosa. Os pilares do PMB são pátria, honra, moral e ética. No front da ação para criar o partido está o coronel Marcos Pontes, o primeiro astronauta brasileiro. “O apoio do coronel Pontes dá credibilidade ao nosso projeto de extrema direita dentro da democracia”, afirma o capitão Rosa.

Acompanhando este texto da Revista Época vemos que o PMB realmente está chamando a atenção, pois já temos matérias publicadas em outras revistas de expressão nacional, como a Revista Isto é e em diversos sites e blogs.

Mas para o brasileiro médio, que geralmente não entende muito ou absolutamente nada de política, precisamos pontuar algumas informações e tentar explicar a atual situação do partido e justificar algumas de suas posturas.

Em primeiro lugar quero dizer que o fato do partido se dizer de direita é por ter ideologia conservadora, ou seja, apoiar a família tradicional, os valores cristãos, a ordem pública, ser contra o aborto, acreditar que lugar de bandido é na cadeia e que a produção e o progresso são as armas ideais para o crescimento do país.

Há quem diga que a direita é fascista, mas este argumento vem de duas vertentes, sendo uma dos desinformados que não conhecem nada de política, nem de história e fazem alarde com o que ouviram de outros sem se preocupar com a verdade e outra vertente é dos extremistas de esquerda, querendo se aproveitar da ignorância política da maioria para se fazer valer de uma mentira como cortina de fumaça para desviar o foco do verdadeiro fascismo, que é de esquerda.

..

Marighella

O fascismo foi muito bem empregado pelo governo nazista e o que a maior parte das pessoas não sabe é que o Nazi era o Partido dos Trabalhadores da Alemanha. Qual era o discurso deste partido, integração nacional, destituição de classes sociais, direitos iguais a todo cidadão, o Estado provendo tudo o que o povo precisasse e a estatização de todas as empresas e propriedades do país.

Não por coincidência este também é o discurso dos partidos comunistas e aqueles que conseguiram chegar no poder deixaram sua população em situação pra lá de deploráveis, como os seguintes exemplos:

Cuba – Antes do golpe revolucionário em 1959, Cuba tinha o 3. PIB per capita da América Latina e um dos melhores níveis de vida do continente, ocupando o 11º lugar em qualidade de vida, no mundo e é hoje um dos países mais pobres das Américas, perdendo apenas para o Haiti; Hoje impera a censura e a única imprensa permitida é a controlada pelo Estado; A ditadura cubana apoiou algumas ditaduras no planeta, como a de Muamar Kadafi na Líbia, a dos Assad na Síria, e a de Kim Il sung na Coreia do Norte; A religião católica foi duramente reprimida em Cuba pelo regime cubano, que se declarou oficialmente ateu, e até a Festa de Natal foi proibida no país; O número de fuzilamentos em Cuba, calculado em cerca de 17 mil desde 1959, é proporcionalmente superior ao de todas as ditaduras sul-americanas juntas; A fim de arrecadar divisas, o regime cubano passou a participar, nos anos 80, do tráfico internacional de drogas, associando-se aos cartéis colombianos e ao ditador panamenho Manuel Noriega e hoje é um dos maiores financiadores das FARC; Em 2004, Cuba ficou em 166. lugar entre 167 países no quesito “liberdade de imprensa”; A penúria em Cuba é tão grande que faltam pão, carne e leite, há apagões diários e falta até papel higiênico.

Venezuela – Uma inflação de 57% ao ano; crises de desabastecimento onde falta desde comida até itens básicos de limpeza e higiene pessoal; Está sob uma onda de violência e insegurança; Os estudantes que protestam contra o governo são repreendido a tiros; Em 2013, quase 18 mil pessoas foram assassinadas na taxa de 56 homicídios por 100 mil habitantes é a segunda mais alta do mundo, atrás apenas de Honduras; Os apagões de energia elétrica são diários em todo o país; Há censura da imprensa nacional e os jornalistas da imprensa internacional estão sendo cassados; A desigualdade de distribuição de renda (Coeficiente de Gini) calculada pela ONU em 2013 tem um dos piores resultados do planeta; Embora venha enfrentando crise financeira e política, o governo venezuelano está investindo muito dinheiro em Cuba.

Tem outros exemplos de ditaduras comunistas, onde o povo não tem liberdade, passa dificuldades financeiras, enfrenta os paredões de fuzilamento e não pode nem sequer deixar o país, mas tratarei destes em outro texto.

Frase-Che-Guevara

Estamos precisando endireitar este país e será por meio de uma intervenção militar ou pela eleição direta de um candidato de direita.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: