Just another WordPress.com site

Claudio Humberto

Diante da indefinição sobre o cenário eleitoral de outubro, os “rebeldes” do PMDB desistiram de antecipar a convenção nacional, que definirá a manutenção da aliança com o PT pela reeleição da presidenta Dilma. A avaliação do partido é que qualquer decisão agora seria precipitada, em meio a eventual CPI contra a Petrobras e ao possível retorno de Lula. A ordem no PMDB é deixar como está para ver como é que fica.

A queda de Dilma nas pesquisas, para tristeza do vice Michel Temer, só acendeu sinal amarelo no PMDB, que torce pela volta de Lula.

Sem controle da bancada da Câmara, onde o líder Eduardo Cunha (RJ) reina absoluto, Michel Temer nem tentou evitar a CPI da Petrobras.

Deputados do PMDB irão jantar hoje com Michel Temer, e acusar o senador Renan Calheiros de aproveitar a CPI para negociar cargos.

Dos R$ 330 milhões em “restos a pagar” em emendas, prometidos por Dilma a aliados, R$ 110 milhões são do PT, e R$ 11 milhões do PMDB.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: