Just another WordPress.com site

Claudio Humberto

Candidato do PMDB a suceder Sérgio Cabral no governo do Rio, Luiz Pezão autorizou o coordenador político da campanha, Jorge Picciani, a costurar um “palanque múltiplo”, que seria dividido entre a presidenta Dilma e os adversários Aécio Neves (PSDB-MG) e Pastor Everaldo (PSC). Nos bastidores, Cabral não perdoa o PT, em especial o ex-presidente Lula, por haver incentivado Lindbergh Farias ao governo.

Além do PSD, SDD e PP, que compõem a chapa de Pezão, metade do PMDB fluminense já anunciou que apoia Aécio Neves para presidente.

Prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, que saiu do PSB por confrontar Eduardo Campos, cuidará do palanque de Dilma no Rio.

Sérgio Cabral, que se mantém mal nas pesquisas, deve sair candidato a deputado federal, e lançar o filho Marco Antônio a deputado estadual.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: