Just another WordPress.com site

Câmara dos Deputados

A baixa adesão dos deputados à sessão convocada para esta segunda-feira aliada à obstrução do DEM e do PSDB inviabilizaram o início do esforço concentrado da Câmara dos Deputados. A oposiçãoobstruiu para pressionar pela criação de uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) para investigar denúncias contra a Petrobras, o que depende de decisão do Senado.

Assim, ficou para esta terça-feira a votação das três medidas provisórias (MPs 628630 e 631) e do projeto com urgência constitucional (PL 6809/13) que trancam a pauta e também dos projetos do esforço concentrado.

A sessão caiu logo no primeiro requerimento de obstrução, já que não havia número suficiente de deputados na Casa para continuar os trabalhos. No início da tarde, alguns líderes governistas já admitiram que seria difícil cumprir a pauta com baixa presença e obstrução.

Para o líder do PT, deputado Vicentinho (SP), o mais complicado seria contar com a presença suficiente para manter sempre em Plenário o quórum mínimo de 256 deputados. “A obstrução em si não muda muita coisa, porque eles [parlamentares da oposição] não têm voto para impedir uma sessão”, disse.

O líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), destacou que há polêmica na votação da MP 630/13, que amplia o Regime Diferenciado de Contratações (RDC) da Copa para todas as obras públicas. “Esta MP vai dar maiores debates. Assim, na minha opinião, dificilmente vamos chegar a votar hoje [segunda-feira] os outros projetos da pauta”, disse.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: