Just another WordPress.com site

IMG_7460

Nesta sexta feira mesmo com o feriado e com muito sol o integrantes do PMB reuniram-se com a Diretoria Estadual do PRTB para unir forças, marcar passo e acertar a marcha para caminharem juntos também aqui no estado do Paraná como já caminha em estados do Brasil.

Estiveram presentes integrantes de São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré, Paranaguá, Curitiba, União da Vitória.

No comando da reunião o Tenente Coronel Sérgio Cooper do exército brasileiro hoje na reserva que foi nomeado novo Presidente Estadual da  legenda em formação. A previsão para janeiro dar-se entrada junto ao TSE. Os números apontam para 320 mil assinaturas coletadas. São necessárias 500 mil aproximadamente.

Sérgio Ramirez de Paranaguá pelos belos serviços  prestados assume a Presidência de honra do PMB. Foi Ramirez quem deu os primeiros passos desta gloriosa agremiação no Paraná.

O evento contou com a brilhante presença do Presidente de Honra Nacional e fundador do PMB o Capitão Augusto Rosa que contou a todos que o PMB não é um Partido dos Militares e sim um Partido de Militares. Qualquer cidadão brasileiro pode filiar-se desde que comungue dos princípios básicos traçados da ética, moral, do civismo, do cultuamento dos valores nacionais da bandeira do hino nacional e do amor incondicional a Pátria Brasileira. Fichas sujas não serão aceitos. “Não teremos receio de cortar nossa própria carne se algum Militar cometer deslise, expulsaremos-os”.

Augusto Rosa foi feliz em distinguir claramente a diferença entre o PMB Partido de direita, do PRTB único Partido de Direita em funcionamento no Brasil, hoje aliados e de mãos dadas, e os partidos de esquerda que dão o peixe enquanto que os Partidos Direita ensinam a pescar. ” Não concordamos com esta linha de pensamento esquerdista “, o povo brasileiro não pode viver apenas de esmola. São 14 milhões de cartões bolsa família e que tais cartões entram nas pesquisas como se fossem de pessoas empregadas diminuindo assim o índices de desemprego do governo federal.

Falou da diferença entre uma ditadura em que pressupõem a existência de um ditador no comando e o Regime Militar havido.

A Revolução Militar de 1964 manteve o legislativo e judiciário funcionando a imprensa pode se manifestar “lembram do jornal Pasquim”.

Havia uma ameaça iminente de o país virar ao comunismo.

A imprensa e a Comissão da Verdade questionam cerca de 150 mortes de civis. À época cerca de 80 militares também foram mortos.

Na Argentina o regime militar  é questionado por 14 MIL MORTES.

Outros tantos regimes autoritários como Cuba, Rússia, Coréia do Norte, China e outros foram responsáveis por 60 milhões de mortos.

É claro que toda morte é sentida e lamentada.  Há que se esclarecer os fatos e o contexto, porém não nos esqueçamos dos militares que morreram e das pessoas sequestradas pelos guerrilheiros e tudo mais.

No Brasil morrem cerca de 50 mil pessoas que são assassinadas por ano. Nenhuma guerra no mundo mata tanta gente assim, aliás no Brasil mais  que todas as guerras juntas  em andamento.

Convocou, conclamou aos Militares a disputarem às eleições de 2014 pelo PRTB, parceiro  Partido de Direita.

Faz parte e incentiva os Militares na mesma linha Marcos Pontes o único astronauta brasileiro.

Nesta reunião foi apresentado vídeo do Fundador e Presidente Nacional do PRTB Levy Fidelix incentivando a aliança que vai de fato ENDIREITAR  o Brasil. (link)

O resultado prenuncia um salto a Direita, assim como falava há muito tempo o famoso Leão da Montanha do desenho aninado Hanna Barbera  SAÍDA PELA DIREITA.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: